Cura para o Cansaço da Alma

cansaço da alma

Por Karl Haffner

Em nossa era de extrema fartura, estamos mais famintos do que nunca no que diz respeito à alma.

O profeta Isaías sugere que qualquer pessoa está sujeita ao cansaço espiritual: “Os jovens se cansam e se fatigam, e os moços de exaustos caem, mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam” (Isaías 40:30-31).

Até mesmo os jovens sentem a ameaça iminente do cansaço da alma. O ser humano sofre de inanição espiritual crônica. David Green, editor do U.S. News & World Report, escreveu:

“Os homens e as mulheres de hoje são perseguidos pela sensação de que, mesmo em meio à fartura, a vida deles parece estéril. Temos fome de uma nutrição mais substancial da alma.” Na Inglaterra, um executivo que se tornou filósofo, Charles Handy, ficou conhecido por seus escritos. O capitalismo, ele questiona, nos traz os meios, mas não o significado da vida. Agora que satisfizemos nossos desejos exteriores, devemos prestar mais atenção ao nosso interior – devemos ir em busca da beleza, do crescimento espiritual e da conexão humana.

Enfim, qual é a solução para o cansaço da alma? Isaías declara que a solução é esperar. Os que esperam no Senhor serão renovados. Mas esperar não é algo natural para muitos de nós. Odeio esperar. Não gosto nem um pouco quando alguém do outro lado da linha diz: “Estou recebendo outra ligação, você pode esperar um minutinho?” Não gosto de esperar no aeroporto. Não gosto quando o farol abre e eu tenho que esperar que o motorista da frente dê a partida no carro que “apagou”. Esperar não é o meu dom. Entretanto, muito da vida se resume em esperar.

Mas Deus é a solução para o cansaço da alma. Em vez de correr, nos apressar e manipular as circunstâncias da vida, somos instruídos a esperar, mesmo que seja a tarefa mais árdua da esperança.

Henri Nouwen, em seu livro Sabbatical Journey (Viagem Sabática), escreveu a respeito de alguns amigos seus que eram trapezistas e se autointitulavam Hastes Voadoras. Eles contaram a Nouwen sobre a relação especial que os trapezistas devem manter entre si. Entre eles, há os que se soltam dos trapézios e há os responsáveis por segurá-los, logo em seguida. Como você pode imaginar, manter uma boa relação entre si é realmente importante – especialmente para aquele que se solta do trapézio esperando ser agarrado no ar pelo companheiro.

Acima da multidão de espectadores, o trapézio balança mais rápido a cada impulso. Logo chega o momento do trapezista se soltar. Assim que solta o trapézio e fica no ar, seu trabalho é permanecer imóvel para que as mãos fortes de seu colega possam segurá-lo. Os trapezistas disseram a Nouwen:

– Aquele que se solta nunca deve tentar se segurar. Deve esperar em absoluta confiança em que seu colega o segure.

Talvez você conheça muito bem o sentimento de vulnerabilidade que temos ao esperar. Você tem que deixar de lado seja lá o que Deus pediu que deixasse, mas não consegue sentir Suas mãos segurando-o nesse exato momento e sente vontade de começar a bater as asas por si mesmo. O que você faz? Espera em absoluta confiança?

Espere no Senhor. Aqueles que esperam no Senhor “renovam as suas forças, sobem com asas como águias, correm e não se cansam, caminham e não se fatigam”. (Isaías 40:31).

………………………………………………………………………………………………..

Karl Haffner é autor do livro Cura para a alma fatigada.

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Cristianismo Prático, Cura, Meditações Diárias e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Cura para o Cansaço da Alma

  1. Andressa Maia disse:

    Esse livro é realmente maravilhoso, me ajudou bastante, e aconselho a todos que estam cansados espirialmente a lerem.

  2. Izabel s b de Almeida disse:

    Gostaria de comprar esse livro como faço e

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s