Usando para Deus nossos talentos

Pois será [o reino de Deus] como um homem que, ausentando-se do país, chamou os seus servos e lhes confiou os seus bens. A um deu cinco talentos, a outro, dois e a outro, um, a cada um segundo a sua própria capacidade; e, então, partiu. Mateus 25:14, 15.

A parábola dos talentos… tem aplicação pessoal e individual a todo homem, mulher e criança que possua as faculdades do raciocínio. … Quando o senhor da casa chamou seus servos, deu a cada um a sua obra. Toda a família de Deus se acha incluída na responsabilidade de usar os bens de seu Senhor. Todo indivíduo, desde o mais humilde e obscuro até ao maior e mais exaltado, é um agente moral dotado de aptidões pelas quais é responsável a Deus. … A aptidão espiritual, mental e física, a influência, posição, posses, afeições, simpatias, tudo são preciosos talentos a serem usados na causa do Senhor, para a salvação de pessoas pelas quais Cristo morreu.

Quão poucos apreciam estas bênçãos! Quão poucos aproveitam seu talento, aumentando sua utilidade no mundo! O Senhor deu a cada um a sua obra. Deu a cada qual de acordo com sua aptidão, e seu legado acha-se em proporção com a sua capacidade. … Faça o comerciante os seus negócios de modo que glorifique seu Senhor, por motivo de sua fidelidade. Introduza ele sua religião em tudo que faz, e revele aos homens o espírito de Cristo. Seja o mecânico um diligente e fiel representante dAquele que labutava nas humildes carreiras da vida, nas cidades da Judéia.

Os que foram contemplados com talentos superiores não devem depreciar o valor dos serviços daqueles que são menos dotados do que eles. O menor legado é um legado de Deus. Com a bênção divina, o talento único, mediante o uso diligente duplicará, e os dois usados no serviço de Cristo aumentarão para quatro; e assim o instrumento mais humilde pode crescer em poder e utilidade.

O propósito sincero, os esforços abnegados, todos são vistos, apreciados e aceitos pelo Deus do Céu. … Usai vosso dom com mansidão, com humildade, com confiante fé, e esperai até ao dia do ajuste de contas, e não tereis motivo de tristeza nem de vergonha.

Ellen G. White, Nos Lugares Celestiais, pág. 228.

About these ads

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Nos Lugares Celestiais e marcado . Guardar link permanente.

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s