Como lidar com pessoa agressiva?

agressão verbal

Dicas práticas contra agressões verbais.

Tomai sobre vós o Meu jugo, e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Mateus 11:29

O que faz alguém ser agressivo nas palavras? Por que alguém se comporta sem humildade e mansidão? Que problemas faz alguém rude?

As respostas podem ser variadas. Pode ser orgulho porque a pessoa acha-se melhor que os outros. Pode ser alguém com temperamento colérico, explosivo que ainda não aprendeu a moderar sua maneira forte de expressar suas emoções. Ou se trata de uma pessoa com grande insegurança emocional, pois elas em geral atacam de graça justamente por causa da insegurança interior que talvez nem elas mesmas percebam que têm. Também pode ser alguém com um transtorno de personalidade, o que é algo mais grave. Uma pessoa muito estressada se comporta com alguma freqüência de modo irritadiço, agressivo. Outros têm necessidade de ter que ter razão e, assim, se tornam agressivos verbalmente para ter que provar que estão certas e seria bom elas pensarem e decidirem se querem ter razão o tempo todo ou ser felizes. Outros ainda sofrem lutas espirituais, podendo ocorrer opressão espiritual maligna neles que os fazem agressivos.

Algumas sugestões sobre como lidar com uma pessoa agressiva verbalmente podem ser:

1) Evite contra-atacar para não jogar mais combustível no fogo.

2) Uma abordagem sábia envolve ajudar a pessoa agressiva a se sentir compreendida e encorajá-la a acalmar e discutir a situação usando a razão.

3) Entretanto, não é sábio no meio do calor da discussão dizer:  Fique calmo e discuta o assunto de forma razoável!.

4) Ouça a pessoa. Não a interrompa nem tente provar seu ponto de vista. Expresse gestos faciais e sons vocais que indicam seu ouvir atento.

5) Continue fazendo algumas perguntas a fim de elaborar e clarificar o assunto. Verdade, é o que menos queremos no momento. Mas, mantenha a cabeça fria. Pergunte: O que ocorreu?, Quando você diz que eu fui frio, como é isso? Lembre-se: ao mostrar que está aberto para ouvir, isto pode acalmar a pessoa.

6) Mantenha um olhar firme, demonstrando pela expressão facial que está atento.

7) Mantenha seu tom de voz baixo. Nunca levante a voz. Pelo contrário, abaixe até mais baixo do que o seu normal. Isto talvez faça a pessoa abaixar a voz também.

8) Parafraseie e resuma o que a pessoa diz. Diga: Deixa-me ver se estou compreendendo o que você está dizendo. Você disse que (explique)…. É isso mesmo?.

9) Não argumente. Argumentar significa procurar os pontos fracos do discurso da pessoa e então começar a rebater as afirmações dela, interrompendo o que ela está dizendo.

10) Veja em que pode concordar. No meio de um ataque que deve conter interpretações erradas, tente encontrar coisas que a pessoa tenha razão e fale disto, mostrando que você pode entender que se tivesse no lugar dela talvez sentisse o mesmo.

11) Empatize com os sentimentos da pessoa, dizendo talvez: uxa! Posso imaginar como você se sente. Já vivi uma situação parecida e também fiquei chateado!.

12) Pergunte se a pessoa quer ouvir um comentário. Aqui você começa a mostrar o outro lado da história. Não significa que você está certo e ela errada, mas que há outros fatos que talvez ela não saiba ainda. Você pode dizer: Se incomodaria se eu compartilhar com você outros fatos que pode nos dar uma visão mais global do problema?.

13) Pergunte: O que você acha que ajudaria essa situação? A forte raiva impede pensar e dizer o que pode ser feito para melhorar a situação. Peça sugestões de como melhorar. Isso pode começar a mudar o rumo da explosão para encontrar-se soluções.

14) Coloque suas sugestões. Se ela não tem sugestões construtivas e insiste no ataque, você pode sugerir algo para melhorar a situação. Peça desculpas e sugira algo.

15) Sugira uma parada ou coloque limites. Exemplo: Você não acha melhor continuarmos outra hora? Que tal amanhã 10h?, Você percebe como está falando muito alto?, Por favor, não continue gritando comigo. Para continuar, eu preciso que você diminua seu tom de voz. Se continuar gritando, vou ter que me retirar. Desse jeito não é aceitável para mim. Estou disposto a conversar sobre isto quando você puder acalmar e conversar racionalmente. Agora vou me retirar para proteger a mim mesmo. Retire-se, então, do ambiente, e proteja-se. Se necessário, peça ajuda.

Sem o processo transformador que só pode ocorrer pelo poder divino, as propensões originais para pecar permanecem no coração com toda a sua intensidade, para forjar novas correntes, para impor uma escravidão que jamais poderá ser rompida pelo poder humano. Ellen G. White, Mensagens Escolhidas, vol.3, p.190,191.

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento [maneira de pensar e sentir] que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-Se a Si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-Se semelhante aos homens; e, achado na forma de homem, humilhou-se a Si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz. Filipenses 2:5-8.

About these ads

Sobre Blog Sétimo Dia

“SOLO CHRISTO”, “SOLA GRATIA”, “SOLA FIDE”, “SOLA SCRIPTURA” (salvação somente em Cristo, somente devido à graça de Deus, somente pela instrumentalidade da fé, somente com base na Escritura)
Esse post foi publicado em Agressividade e marcado , . Guardar link permanente.

22 respostas para Como lidar com pessoa agressiva?

  1. luciana Carvalho disse:

    muito bom,preciso muito controlar minha agressividade.pois o Senhor Deus e manso e humilde de coração e sua voz e suave.por favor me ajude.

  2. leticia oliveira. disse:

    olha todos numa hora de raiva ficamos enfurecidos ficamos com desgosto de tudo nada na nossa vida presta …mas e so no momento de raiva depois passa ai agente ve as consequencias.

  3. Gre.. disse:

    oi,
    meu marido, é muito agressivo, e não quer consultar um médico..
    Não sei mais o q fazer..
    ele é tão estupido, e sempre tem razão em tudo, se contradiz muito, fala algo e depois esquece q falou,…n sei mais como lidar… o que eu faço??

  4. Seventh Day disse:

    Olá Gre,

    Dentro de qualquer relacionamento o diálogo é essencial. Posso te sugerir um livro excelente que com certeza irá ajudá-la bastante a lidar com essa situação, e depois de lê-lo, vc ainda pode dar de presente ao seu marido, seria bom que ele o lesse também. O Livro se chama “Ira sobre Controle” e você pode obtê-lo através do site da CPB, ele é baratinho, e vale a pena a leitura !

    Deixo aqui para vc o link, onde vc pode adquirir o livro:

    http://www.cpb.com.br/produto-1019-ira+sob+controle.html

    Na vida temos que lidar com todo tipo de pessoas e comportamentos, podemos encontrar pessoas agressivas e difíceis no trabalho, entre amigos, parentes, vizinhos etc. A convivência diária com um cônjuge agressivo pode causar uma quantidade considerável de estresse e desconforto. Abaixo estão algumas dicas para ajudar você a lidar com pessoas com estas características de uma maneira melhor, incluindo seu esposo:

    Vamos primeiro discutir o que não fazer e o que você tem que evitar ao lidar com pessoas difíceis.

    1. Primeiro e acima de tudo não tome o comportamento de tal pessoa como pessoal. A maioria delas se comporta de uma maneira difícil habitualmente e sua atitude não é dirigida especificamente para você somente.

    2. Não tente enfrentá-las. Enfrentar pessoas assim só pode complicar ainda mais a situação e abrir caminho para uma maior discussão.

    3. Não tente ganhar o argumento: Não aborde o argumento com a mentalidade de vencer e provar que a outra pessoa está errada. Você pode provar que ela está errada, mas isso provavelmente não mudará seu comportamento futuro. Em vez de tentar ganhar o argumento, tente trabalhar para uma solução razoável que será para o interesse comum de todos. Lembre-se que seu objetivo é simplesmente e assertivamente expressar sua própria opinião, e não tentar ganhar uma batalha de certo e errado.

    Agora que já vimos o que não devemos fazer, vamos ver algumas dicas sobre o que fazer quando as pessoas estão tornando a vida difícil para nós.

    1. Pessoas excessivamente agressivas esperam que os outros, também se submetam aos seus desejos ou briguem com elas. Então, não faça nada disso. Em vez disso, defenda-se sem brigar. Seja calmo e educado com elas e não revide uma mensagem de volta. Permanecer calma e traquila, apesar de seus gritos é a melhor resposta que podemos dar às pessoas difíceis. Elas normalmente não esperam tal comportamento e ficam surpresas.

    2. Espere que elas coloquem para fora toda sua ira e em seguida, responda com seus pontos de vista de forma educada, porém firme e de forma confiante. É importante que você não interrompa uma pessoa agressiva no meio do seu discurso, pois isso pode torná-la ainda mais irritada. Em vez disso espere calmamente que ela termine, em seguida, respire fundo, chame a pessoa pelo nome, e manifeste a sua opinião. Esta é uma abordagem muito mais eficiente.

    Tenha em mente que lidar com pessoas difíceis leva tempo, então seja paciente. Você pode não ser capaz de mudar o comportamento delas, mas Deus pode. Seguindo as dicas acima você pode ao menos melhorar a sua própria resposta e não permitir que o comportamento delas a afete negativamente.

    No mais muita paciência e oração. Ore por seu marido, para que o Espírito Santo toque o coração dele e o deixe mais manso, sereno e tranquilo.

    Deus a abençoe :)

    PS: Publicamos recentemente aqui no Blog uma matéria chamada 17 Dicas para um casamento Feliz. Dê uma lidinha nela, segue o link:

    http://setimodia.wordpress.com/2010/10/18/17-dicas-para-um-casamento-feliz-extraido-da-biblia/

  5. mary disse:

    Minha sogra eh muito briguenta e agressiva, e tenho a impressao que sempre esta a procura de alguem para por a culpa de qualquer coisa, nao aceita opnioes mesmo quando esta errada.

    Nao sei mais o que fazer, ja parei de falar com ela, mas parece que ela sempre esta nos irritando de alguma
    forma, o que fazer para cpnseguir manter a paz?

  6. Helena disse:

    A teoria de tentar manter a calma diante de uma pessoa agressiva é ótima na TEORIA. Porque a partir do momento em que uma pessoa é absolutamente OBRIGADA a conviver com o agressor verbal o dia inteiro, manter a calma e a tolerância se torna impossível. Uma coisa é ser agredido de vez em quando, outra coisa é ouvir ladainha todo dia. Eu acho que a melhor solução é tentar fugir desse tipo de gente que só serve para infernizar a vida alheia.

  7. joseane disse:

    sou uma pessoa calma, mais as vezes, fico enritada no trabalho, com meus irmão mais, tento manter acalma ouvindo e orando porque só Deus pode mudar pessoas com esse problema.

  8. Simone disse:

    Tenho tido problemas frequentes com meu marido isto já faz 15 anos, sou violentada fisicamente e moralmente desde então. Diz que tem razão em tudo e não sabe dialogar. Chantageia minha filha de 13 anos, alegando que por ela estar ao meu lado tentando de certa forma me confortar ela também não presta. Ouço muitos palavrões na frente das crianças. A vida dele é uma correria e foi criado sem carinho e sem amor. Eu rezo e peço muito a Deus que olhe para minha família, mas a situação está cada vez mais difícil e eu já não sei mais oque fazer.

  9. Ai socorro! Eu só tenho 10 anos mas meu irmão de 12 é um capeta! Oq eu faço?

  10. Sabrina,

    O mais importante sempre é o diálogo, tente expor ao seu irmão o que a incomoda de forma clara e tente chegar num acordo. Na idade de vocês, é comum haver uma briga ou outra… porque irmãos sempre tem algo por que brigar, até por uma questão de diferenças de opinião e de personalidade. Por exemplo, se dormem no mesmo quarto, podem brigar porque um quer dormir enquanto o outro quer ver TV… ou porque um é arrumadinho e o outro bagunceiro… ou mesmo porque tem que dividir o computador ou a TV. O importante é vocês conversarem e se respeitarem. Se mesmo conversando, ele continuar te provocando, então converse com seus pais sobre a situação e peça uma ajuda para eles, afinal eles são as pessoas que mais querem a felicidade de vocês. Não esqueça também de conversar todos os dias com Deus como se você conversasse com seu melhor amigo, Deus está sempre do seu ladinho para ajudá-la em toda e qualquer questão.Peça a Ele sabedoria e paciência para você lidar no dia a dia com seu irmão e para que vocês sejam bons amigos.

    Deus te abençoe :)

  11. IGOR disse:

    Eu sou agressivo, hoje tive uma discussão no trabalho que por pouco não brigamos, mas não sou uma pessoa agressiva constantemente mas em certos momentos quando esculto algo que não é do meu agrado eu me irrito e começo a disparar palavras agressivas e em certos momentos palavras de baixo escalão. Temo que se eu continuar assim vou sair nos TAPAS com alguém qualquer dia desses, enfim… Gostaria de saber como posso resolver esse problema? Se tem alguma técnica ou se eu preciso ir ao psicologo ou até mesmo algum livro de auto-ajuda.

    Fico grato.

  12. Olá Igor,

    Tem um livro excelente que irá ajudá-lo bastante. Chama-se Ira sob controle do Larry Yeagley. Ele também não é um livro caro, custa R$19,40 e vc pode obtê-lo pelo site da CPB > http://www.cpb.com.br/produto-1019-ira+sob+controle.html

    Abraços:)

  13. Marta disse:

    Li os comentarios da maioria das pessoas, também passo por um problema com meu marido, agressividade, falsidade por parte dele, e agressividade com minha filha que parece comigo também. Outro dia ele agrediu minha filha(ela tem 9 anos de idade) que nos dias seguintes apareceram com um quadro de AVC mas tudo emocional, a cada dia que passa ele esta mais estranho, tem horas que estou fazendo as tarefas diarias da casa ele para e começa a encarar segamente e fico com medo.Aí falo com ele e diz que esta com o pensamento longe, pedi para ele procurar um psicologo mas ele diz que não tem nada. Dependo dele financeiramente mas trabalho e não ganho o suficiente para eu e minhas filhas nos sustentarem sozinhas. Ele é motorista de onibus de empresa, trabalho tranquilo em parte e estressante em outro. Mas muito agressivo em casa verbalmente e também fisicamente. Outras horas é muito tranquilo e calmo, mas tudo para ele é questão de dinheiro, ele não gosta de gastar nem mesmo com os mantimentos da casa acha tudo que esta gastando tudo, ajudo ele em tudo nas compras de alimentos, nas compras de roupas para crianças e outros mais. No que estou agindo errado?
    Rezo para a familia toda, mas ele não entende. parece que ele quer que entregue todo o meu salario para ele e eu deva ficar pedindo a ele quando quiser alguma coisa, para com certeza elel dizer não. Aonde errei? O que faço?
    Como agir ?

  14. Eduardo disse:

    Boa tentativa , mas o em termos de conservar uma reputaçao o problema da outra pessoa é o que menos importa ,
    1 deve notar se é algo pessoal ou nao , caso seja nao tenha medo de lhe retribuir com o mesmo tom , caso estejam a sos pode tentar explorar melhor.

  15. Ana Luiza disse:

    to aqui hoje para desabafar um pouco..sou casada ha tres anos e desde entao convivo com as agressoes verbais e fisicas do meu marido..somos um casal jovem , ele 28 e eu 24..as vezes penso em largar tudo ,mas do fundo do meu coracao eu nao sei o que me prende nessa situacao…temos uma filha de 2 anos e ele nao faz questao de fazer isso longe dela..ela esta começando a falar e repete todos os xingamentos que ele me faz…me sinto uma inutil em ver minha filha crescer nesse meio…..sei que estou sendo fraca…….eu preciso de ajuda….
    alguem me ajuda por favor! minha vida esta acabando..to desesperada..

  16. SAMUEL MOURA disse:

    Casamento é a união de duas pessoas, onde uma sempre tem razão e a outra é o MARIDO!

  17. josi disse:

    As pessoas agressivas carrega dentro da sua alma algo muito ruim, a falta de respeito a falta de tolerancia e principalmente a falta de humildade em não reconhecer que fazem mal ao próximo e que muitas vezes o faz com prazer, essas pessoas dormem a noite inteira, comem normalmente trabalham e acreditam que é assim que as coisas tem que ser, são almas perdidas e sem coração se voce convive com alguem com essas caracteristicas afaste-se ninguém pode ajuda-lo ele é feliz assim a gente pode mudar a cor do olho, do cabelo, o tamanho dos seios e etc mais a essencia do outro ninguém pode modificar… gaste o seu valioso tempo e sua abençoada vida com a felicidade isso mesmo alguém pode lhe proporciona a alegria em muitas coisas sem explodir, pode tolerar seus defeitos compartilhar dos seus problemas pode li dá o direito de errar … voce pode ser um humano feliz ao lado desse alguém conheço pessoas que hoje com 60 70 anos se dizem arrependidas por ter tentado fazer a vida do outro melhor enquanto a sua foi passando e hoje nada podem fazer paramsi póprio DEUS TI QUER FELIZ

  18. meu noivo é agressivo não sei o que fazer para ajuda-lo. cada dia q se passa ele fica mais agressivo e só ele tem razão não posso discondar com ele, tenho medo q piore mais depois do casamento, o que faço ? me ajude?

  19. guerreira disse:

    olá eu entendo perfeitamente o que todos acabaram de dizer pois estou a mesma situação. Gosto ou
    digo amo o meu namorado, penso que aceito-o como ele é, mas não sei se aguento essa vida ou acho
    não é essa vida que quero para mim e para o meu filho. Muitas vezes ele é agressivo e penso que ele
    acha que tem sempre razão pois ele raras vezes ou quase nunca pede desculpa e o que mais me irrita
    ele age como se fosse vitima de toda a situação tentando fazer-me sentir culpada.
    Não sei se é porque eu sou extremamente sensivel, orgulhosa, eu reconheço que isso é um difeito
    mas tambem sei reconhecer e dar a mão a palmatoria quando não tenho razao e peço desculpa,
    mas não posso ser sempre eu a tomar a iniciativa.Penso que numa relação os dois tem ser flexivel quando necessario, reconhecer os erros e pedir desculpa porque ao fazerem isso não estaisso não é humiliar-se como muitos pensam mas sim mostrar maturidade e sapiencia. A paciencia e a humildade são qualidades de um sabio. Por isso sejam verdadeiros sabios ou peno menos tentam porque sei que não é facil pois somos seres humanos e erramos mas o importante é reconhecer os erros, tentar evita-los e pedir desculpa quando erramos.

  20. eu sou muita estresada em casa com as minhas filhas e na igreja,tudo me irrita ,sei que preciso melhorar eu erro muito,porque so falo ,gritando,com as minhas filhas ,tenho tres filhas ,as vezes perco,ate ,mesmo,a razaõ,porque ,falo,coisa que magoa muito,elas sou crista,sei que tenho ,que ter a virtude da mansidaõ ,mais as vezes me acho,sem ,chaõ,oque fazer,para melhorar ,nessa,area,me ajudam ,espero resposta,..achei muito,bom,tudo oque esta escrito,isso nos ajuda bastante ,so que eu naõ sou agressiva ,so falo,coisas que magoam,outras pessoas,perciso,mudar e quero mudar ,muito,na minha casa principalmente ,eu grito ,de ,mais ,falo,de mais ,me ajudam,e tenham um bom dia………eu sou crista a sete anos..

  21. eliene lima disse:

    meu vizinho, o qual nem tenho intimidade, se fortaleçe me agredindo com palavaras , me xinga muito,geralmente de velha ordinaria, tevi paciencia até hoje, mas estou buscando outro lugar para morar, ele é um infeliz e a inveja faz dele um ser corvade e medonho. todo agressor é no fundo um perdedor, ou pelo meinos se sente assim, só ficam bem quando descarregam essa insatisfação em algo ou em alguem.

  22. Érika M C disse:

    É triste conviver com pessoas agressivas, mas a única alternativa e calar-se para nos defendermos e a esta pessoas cabe apenas procurar ajuda psicológica. Pessoas autosuficientes, pensam ser o melhor em tudo e donos da razão. Muito complicado ser paciente o tempo todo e aceitar determinadas situações, será que uma pessoa demasiadamente agressiva tem jeito?

Deixe seu comentário. Tudo o que pedimos é que se mantenha uma cultura de respeito. Isto significa não fazer ataques pessoais, não usar palavrões, e por favor manter o diálogo sobre o tema postado.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s